Ciência

Ciência do ultrassom

Ultrassom é a sua arma secreta na guerra contra a placa. Um estudo recente universitário¹ mostra que, quando expostos ao ultrassom, correntes de bactérias que normalmente compõem a placa foram rasgados, tornando-os inofensivos. O Megacrystal™ de MEGASONEX® opera em uma freqüência médica segura de baixa potência a 1.6MHz igual 1.600.000 Hertz (ciclos por Segundo) igual 96.000.000 pulsos por minuto, semelhante a freqüência usada pelos médicos para tratar os ossos fraturados.

Escovas sônicas típicas têm movimentos de cerdas de 15-40.000 movimentos por minuto ou 125-333 Hertz, o que é inferior em mais de 4.800 vezes. A tecnologia do ultrassom utilizado na escova de dentes MEGASONEX® tem sido aprovado pela FDA dos EUA para utilização em uma escova de dentes desde o início dos anos 1990.

Cadeia bacteriana antes de ser exposta ao ultrassom

Cadeia bacteriana após exposição ao ultrassom

Estudo realizado na Universidade Medical e Dental de Tóquio, Departamento de Odontologia Preventiva. Streptococcus mutans, uma espécie de bactérias que tipicamente formam a placa bacteriana, foi exposta ao ultrassom a uma freqüência de 1.6MHz ou 96.000.000 pulsações por minuto, danificando cadeias bacterianas e cortando seus métodos de fixação, tornando-os inofensivos. O estudo foi conduzido na versão original da escova de dentes Ultima™ que não tinha movimento sônico adicional algum. A correlação entre os resultados obtidos com o Ultima™ e a MEGASONEX® não foi ainda estabelecida.

¹Shinada K, Hashizume L, Teraoka K, Kurosaki, N. Effect of ultrasonic toothbrush on Streptococcus mutans. Japan J. Conserv. Dent. 1999; 42 (2): 410-417.